Conmebol abre investigação, e Nacional pede desculpas por ato da torcida

Conmebol decidiu abrir uma investigação para analisar a conduta de parte da torcida do Nacional no jogo de ida da segunda fase da Libertadores, na última quarta-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá. Na ocasião, alguns uruguaios imitaram aviões e fizeram gestos em alusão à queda do voo que transportava o time brasileiro para a final da Copa Sul-Americana de 2016.

A entidade fará analise das imagens do jogo e também das que circulam em redes sociais para estudar se cabe penalização ao Nacional por conta dos atos de seus torcedores. O caso está nas mãos da assessoria jurídica do órgão.  Na próxima semana, Chapecoense e Nacional voltam a se encontrar pelo segundo jogo. A partida está marcada para a quarta-feira, no Parque Central, em Montevideo.

Nacional pede desculpas:

No final da tarde desta quinta-feira, o Nacional usou sua conta oficial no Twitter para publicar um pedido de desculpas à Chapecoense. O documento é direcionado ao presidente da Chape, Plínio David de Nes Filho.

Diz parte do comunicado:

“Em nome do Clube Nacional de Futebol, manifenstamos ao sr. presidente nosso mais intímo e profundo sentimento de vergonha, solicitamos encarecidamente que aceite nossas mais profundas manifestações de desculpas ante o horroroso e repudiável gesto cometido por parte de nossa torcida na partida de ontem da Copa Libertadores.

Lamentavelmente, muitas mentes doentes canalizam sua irracionalidade aos cenários esportivos (…). Nacional fez grandes esforços, como em geral os clubes do continente, para evitar episódios dessa natureza. Por conseguinte com essa atitude, e porque a ocasião, mais que nunca, o merece, adiantamos que a instituição está realizando as averiguações correspondentes para que os responsáveis recebam as mais severas sanções.”

 

Lea mais: 

Conmebol abre investigação, e Nacional pede desculpas por ato da torcida. (2018, February 01). Retrieved from https://globoesporte.globo.com/sc/futebol/times/chapecoense/noticia/conmebol-abre-investigacao-e-nacional-pede-desculpas-por-ato-da-torcida.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *