Abel vê evolução no Flu e confirma saída de Dourado: “Não posso fazer mais nada”

Abel Braga chegou na sala de imprensa do Maracanã para falar do empate em 0 a 0 com o Botafogo, neste sábado. Porém, como já era esperado, o treinador não conseguiu fugir das perguntas sobre Henrique Dourado, que não foi relacionado para a partida.

Admirador do atacante, o treinador fez questão de elogiá-lo, mas confirmou que o jogador pediu para não atuar mais com a camisa do Fluminense por já ter “situação resolvida” para sair. Artilheiro do Brasileirão 2017, o “Ceifador” é desejado pelo Corinthians e interessa a clubes do exterior.

Resultado de imagen para ABEL BRAGA

– Trata-se de um ídolo do clube, que eu ajudei a criar. Um cara inquestionável de caráter, grande jogador. Participou da pré-temporada, de todos os jogos. Na quinta, ele chegou para mim na apresentação dos titulares e disse que não gostaria mais de jogar, que não estava mais com a cabeça aqui, que a situação dele estava resolvida e que ele iria sair. Então não posso fazer mais nada. Também já fui atleta. Ele tem esse direito – disse o treinador.

O técnico deu detalhes da conversa que teve com Dourado durante a semana, onde foi informado pelo atacante do desejo de não atuar mais pelo clube:

– Eu disse a ele: “Olha, não vai ter abobrinha nem historinha na coletiva de imprensa, porque vão me perguntar. Não vou ficar aqui inventando coisinhas para vocês ou para o meu torcedor”. Simplesmente ele quer sair, não está mais com a cabeça aqui e já tem tudo acertado para ir embora. Não posso contar com um jogador nessas condições – contou.

E lamentou a saída, mas disse seguir em frente.

– Todo mundo passa, o clube fica. É sem Dourado que a gente vai ter que se arrumar? É sem Dourado que a gente vai ter que arrumar. Eu lamento, o torcedor lamenta, mas não adianta. Esta é a vontade do jogador – destacou.

Sobre o desempenho no primeiro clássico do ano, Abel dividiu análise da atuação tricolor em dois tempos e viu uma evolução na equipe.

Imagen relacionada

– No 1º tempo, nós não cumprimos bem aquilo que vínhamos fazendo. Puxamos muito o Botafogo para o nosso campo e encontramos dificuldade. Mas, ao mesmo tempo sem o Botafogo criar situação de gol, de perigo. Nosso segundo tempo foi totalmente diferente. Foi muito bom. Começamos a jogar como treinamos – analisou.

O empate deixa o Fluminense em uma situação ruim no Campeonato Carioca. A equipe soma um ponto em duas rodadas e amarga a lanterna do Grupo C. Na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o Tricolor tenta a reabilitação contra a Portuguesa-RJ.

Confira outros destaques da coletiva de Abel:

Melhora defensiva

Bom terminar um clássico sem sofrer gol, essa é a primeira coisa. Algo que acontecia com muita constância.

Novo esquema e estreia para valer

Tivemos uma dificuldade imensa, porque mudamos a maneira de jogar. Nos apresentamos dia 4. Hoje é dia 20. Foi o primeiro jogo realmente oficial. Quarta-feira não conta. Fiquei muito contente com o que eu vi.

Erros e acertos

O torcedor viu a equipe competir. Isso é legal. Cometemos erros? Cometemos. O último passe, para complementar para o gol, não fizemos duas ou três vezes a melhor opção. Mas foi muito legal.

Gol anulado

Para mim, não foi (falta). Acho que a imprensa não tinha que valorizar muito esse tipo de lance, quando é polêmico, porque tira muito o brilho o espetáculo. Aprendi isso lá fora. Joguei no PSG, trabalhei no Marselha, fiquei cinco anos em Portugal. Se valoriza pouco isso e mais o espetáculo.

Quarta-feira, o menino da Portuguesa subiu livre na grande área, com braço justo ao corpo, errou o cabeceio e a bola tocou no braço dele, deram pênalti para o Botafogo. Se você quiser dizer que teve uma carga, então juiz acertou. E na decisão do Carioca passado, com Réver em cima do Henrique? Se hoje foi carga, lá foi atropelamento.

Chegadas de reforços

Chegarão aí mais um ou dois jogadores que melhorará nosso plantel, dar mais competitividade ao nosso plantel. Por que hoje há jogadores que podem se acomodar porque são titulares

 

Lea mais: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/abel-elogia-2-tempo-do-flu-e-descarta-dourado-em-2018-nao-posso-fazer-mais-nada.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *